150 anos de publicação do Evangelho Segundo O Espiritismo

O Evangelho Segundo o Espiritismo, livro editado por Allan Kardec com o auxílio de mentores espirituais, lançado em abril de 1864, celebra neste ano os seus 150 anos de publicação.

Obra básica e de extrema importância para o Espiritismo, parte integrante do pentateuco organizado por Kardec esclarecendo temas cristãos e da doutrina espírita, O Evangelho Segundo O Espiritismo foi o segundo volume publicado pelo professor e pesquisador francês.

A primeira edição do livro, publicado em Paris, França, inicialmente tinha como título Imitação do Evangelho. Nas edições seguintes, Kardec alterou o título para melhor representar o verdadeiro conteúdo da obra.

O Evangelho Segundo O Espiritismo é a obra da codificação espírita que contém a “explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida”.

É importante frisar que Kardec utilizou as mesmas máximas e parábolas deixadas por Jesus e reproduzidas nos evangelhos, agora analisadas e comentadas à luz do Espiritismo.

No ano em que lançou o livro, conforme publicado posteriormente em Obras Póstumas, Kardec comentou que “o edifício (Espiritismo) começa a libertar-se dos andaimes, e já podemos ver-lhe a cúpula a desenhar-se no horizonte”.

A redação de O Evangelho Segundo O Espiritismo exigiu de Allan Kardec uma condição muito especial para ser elaborada.

Para pesquisar, estudar e receber as intuições necessárias para a reunião e organização de temas tão profundos e delicados, Kardec precisou se isolar por meses no vilarejo de Ségur, na região sul da França, local que lhe proporcionou a tranquilidade necessária que uma cidade
movimentada como Paris – onde ele vivia – já não mais oferecia.

Em 9 de agosto de 1863, Kardec recebeu uma mensagem mediúnica, de uma entidade espiritual que o assistia na elaboração da obra, justificando o isolamento: “Nossa ação,
principalmente a do Espírito de Verdade, é constante ao teu derredor e tal que não a podes negar… compreendes agora por que precisávamos ter-te sob as mãos, livre de toda preocupação outra, que não a da Doutrina. Uma obra como a que elaboramos de comum acordo necessita de recolhimento e de insulamento sagrado”.

O Evangelho Segundo O Espiritismo nos oferece, em seu conjunto, os princípios que norteiam à justiça, a bondade e a misericórdia divina através da fé raciocinada, da reencarnação, dos fatos da vida presente em relação ao passado e futuro da Humanidade.

Para melhor entendimento dos assuntos abordados, Kardec se empenhou em ordenar os capítulos seguindo uma temática comum. O objetivo do professor foi facilitar a compreensão
do leitor e tornar mais agradável a sua leitura. Cada capítulo é iniciado com a reprodução de parábolas ditas por Jesus, assim como por mensagens psicografadas por espíritos superiores e
explicações complementares redigidas pelas mãos do próprio Kardec.

Por Moacyr Passos

CAPA_O_EVANGELHO_SEGUNDO_O_ESPIRITISMO

Palestras especiais em outubro no CEAV

O Centro Espírita Ana Vieira convida para duas palestras com convidados especiais que acontecem em outubro, mês em que celebramos o nascimento de Allan Kardec, codificador da doutrina espírita.

No dia 06 de outubro, uma segunda-feira, às 14 horas, o Centro recebe a expositora Suraia Aissami, que atua na rádio Boa Nova e no Centro Espírita Caminho da Luz, que abordará o tema As Pedras do Caminho.

No dia seguinte, terça-feira, 07 de outubro, às 20 horas, será a vez de recebermos Heloísa Pires, expositora renomada no meio espírita, que abordará o tema 150 Anos de O Evangelho Segundo O Espiritismo, publicado por Allan Kardec em abril de 1864.

Na mesma palestra, Heloísa também falará sobre a celebração, neste ano, do centenário de nascimento de seu pai, José Herculano Pires, um dos principais divulgadores da doutrina espírita no Brasil, além de tradutor para o português das obras de Allan Kardec, e autor de diversos livros abrangendo o Espiritismo.

Jose-Herculano-Pires

José Herculano Pires nasceu em Avaré, interior de São Paulo, no dia 25 de setembro de 2014. Foi jornalista, filósofo, educador, escritor e tradutor brasileiro. Destacou-se como um dos mais ativos divulgadores do Espiritismo no país. Traduziu os escritos de Allan Kardec e escreveu tanto estudos filosóficos quanto obras literárias inspiradas na Doutrina Espírita.

Clique aqui e leia mais sobre a biografia de José Herculano Pires ou visite o site www.herculanopires.org.br